RSS
 

Laudo / Relatório Psicológico ou Pericial – Sinônimos

por: Roberto Lazaro Silveira

A palavra laudo é originária do idioma latino, do genitivo laud-is e significa originalmente mérito, valor, glória. É um documento conciso, minucioso e abrangente, que busca relatar, analisar e integrar os dados colhidos no processo de avaliação psicológica tendo como objetivo apresentar diagnóstico e/ou prognóstico, para subsidiar ações, decisões ou encaminhamentos.

Na sua estrutura básica, o laudo psicológico contém os seguintes itens:

  1. Identificação
  2. Descrição da demanda
  3. Métodos e técnicas utilizadas
  4. Conclusão

1. Identificação: Refere-se à descrição dos dados básicos do avaliado, como nome, data de nascimento, idade, escolaridade, filiação, profissão etc.

2. Descrição da demanda: Nesse item, o psicólogo apresenta as informações referentes a motivos, queixas ou problemáticas apresentadas, esclarecendo quais ações, decisões ou encaminhamentos o Laudo deverá subsidiar.

3. Métodos e técnicas utilizadas: Refere-se à descrição dos recursos utilizados e dos resultados obtidos.

4. Conclusão: Destina-se a apresentar uma síntese do diagnóstico e/ou prognóstico da avaliação realizada e/ou encaminhamentos, necessariamente relacionados à demanda.

Clique aqui para acessar modelos de Laudos Psicológicos.

Clique aqui para comprar livros de Psicologia!

Fonte: Resolução CFP 007/2003

 

Faça seu comentário